Cal e seu uso na construção civil

A cal é usada na construção desde a mais remota antiguidade, para unir e revestir as alvenarias, devido à plasticidade e durabilidade que acrescenta às argamassas. Apesar de ser um material tão útil e conhecido, deve ser comprada e preparada com algum conhecimento para evitar problemas como rachaduras e desprendimento.
A argamassa mais comum utilizada na construção civil é feita com areia, água, cimento e cal hidratada. As proporções (“traço”) destes elementos variam de acordo com a finalidade da argamassa. Alguns exemplos: A argamassa para revestimento interno é diferente da destinada ao externo, uma massa para assentar tijolo comum é diferente daquela onde se colocarão azulejos cerâmicos.

cal

Agora que já sabemos o que é a Cal, vamos falar do processo produtivo.
A cal não está pronta na natureza. Sua produção começa com a extração de rochas calcárias que são britadas (reduzidas de tamanho) e levadas a um forno (calcinação) e lá nesse forno a cal é originada. Ou seja, o cal deriva de um outro mineral, ele não está presente na natureza. É um mineral artificial. Porém, esse Cal originado não está pronto para uso, o Cal originado durante a calcinação é a Cal virgem.
A Cal virgem é originada na forma de pequenas pedras que ainda precisam passar por mais uma etapa (moagem) para se transformar em um Pó fino que poderá ser ensacado.

ciclo da cal

Porém, a cal virgem não pode ser usada diretamente na argamassa. Ela ainda precisa ser hidratada. Antigamente, esse processo de hidratação era feito na obra, porém atualmente visando economizar tempo e espaço, essa hidratação já é feita durante o processo produtivo da cal. Para se transformar em Cal hidratada, a cal virgem precisa passar por mais uma etapa que é chamada de hidratação. Após todas essas etapas, podemos ensacar e utilizar nas argamassas.
Resumindo o ciclo da cal: Extração -> Britagem -> Calcinação (Cal virgem) -> Moagem (virar pó) -> Hidratação (Cal hidratada)
 
Quimicamente falando de forma simplificada vamos descrever as reações até fechar o ciclo:
Matéria prima (Carbonato de cálcio) – CaCO3
Calcinação (Cal virgem) – CaCO3 + CALOR = CaO + CO2
Hidratação (Cal hidratada) – CaO + H2O = Ca(OH)2 + CALOR
Carbonatação – Ca(OH)2 + CO2 = CaCO3
Como falei anteriormente, a cal virgem pode ser usada na obra. Mas para isso, devemos deixar a argamassa de cal (cal+areia+água) descansando por 72h até ficar pronta para uso e adicionarmos o cimento. Devido a questão do tempo e do espaço no canteiro, repito, atualmente é raro utilizar cal virgem. Compramos a cal hidratada.
Agora que já sabemos o que é a cal, seu uso e seu processo produtivo, vamos falar dos diferentes tipos de cal. Do mesmo jeito que os cimentos são classificados em diferentes tipos, a cal também é.

cal em obra

A cal virgem pode ser: CVC (Cal virgem comum) e CVE (Cal virgem especial). A cal virgem especial apresenta uma melhor qualidade, mas isso não quer dizer que só devemos comprar ela. Se não precisarmos de uma cal mais pura e de melhor qualidade não temos motivos para gastar mais com a cal especial.

cal virgem

A cal hidratada pode ser: CH1CH2 e CH3. Existem algumas diferenças entre elas em relação a pureza, granulometria e etc. A CH1 é mais nobre já a CH3 é mais pobre. E, novamente, como falei acima, não necessariamente devemos somente comprar a CH3 por ser mais pura e de melhor qualidade. Dependendo do uso, por exemplo, para assentar blocos, não precisamos de uma cal de qualidade, uma CH3 já está de bom tamanho.

cal hidratada ch1

Para finalizar, não existem substituto para cal ou para o cimento. A argamassa ideal é feita com cimento+areia+cal. Dependendo do uso, podemos sim eliminar a cal e usar somente cimento + areia, mas não em todos os casos.
Outra observação, a cal só é vendida em pó. Em algumas lojas de materiais de construção você poderá encontrar a Cal líquida, mas essa Cal líquida não é cal e sim um aditivo plastificante (incorporador de ar).
Pra quem se interessar, consultem as NBR para cal. Cal virgem: NBR 6453 e Cal hidratada NBR 7175
Até o próximo artigo!
About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s